Conheça a história completa do Titanic

Titanic foi um navio de passageiros britânico considerado o mais seguro do mundo em sua época. Criado pelos engenheiros Alexander Carlisle e Thomas Andrews foi construído entre 1909 e 1912.

É bem provável que você já tenha ouvido falar da famosa história deste navio inafundável que acabou naufragando com mais de 3000 pessoas a bordo no ano de 1912.

O navio Titanic

Titanic

O navio operado pela White Star Line tinha aproximadamente 270 metros de comprimento e quase 30 de largura. A altura era de pouco mais de 50 metros.

Contando com passageiros e tripulação ele suportava pouco mais de 3000 passageiros e custou cerca de 7,5 milhões de dólares.

Saindo do Reino Unido em 10 de abril de 1912 com destino a Nova York, acabou colidindo com com um iceberg três dias depois.

Em sua época o Titanic era considerado o mais luxuoso do mundo. Além das inúmeras cabines de primeira classe, havia uma quadra de squash, sala para fumar decoradas com pinturas de Norman Wilkinson, restaurante à la carte, cafés, piscina coberta, banhos turcos, entre outras coisas que tornavam o navio extremamente confortável para seus passageiros.

Segurança

No quesito segurança, o projeto mostrava que era uma obra muito segura, em especial se comparada às demais da época.

Possuindo 16 compartimentos estanques, 12 comportas que podiam ser facilmente acionadas e 8 bombas de água em seu fundo duplo, o navio era capaz de lançar fora até 400 toneladas de água por hora.

Se tudo isso desse errado, o barco ainda disponibilizava 14 botes salva vidas que suportavam 65 pessoas, 2 cúteres para até 40 pessoas e 4 botes desmontáveis que cabiam até 47 pessoas.

Os botes podiam carregar no total 1178 pessoas, um pouco mais de um terço das pessoas que estavam nele no fatídico acidente.

O iceberg

titanic

Poucos dos passageiros realmente viram o iceberg, e os que viram, enxergavam com dificuldades devido a escuridão da noite sem lua.

As testemunhas foram entrevistadas em busca de uma descrição do bloco de gelo, mas os depoimentos foram muito variados.

Em 2000 a primeira foto verdadeira da pedra que afundou o titanic veio à tona.

Aparentemente Stephan Rehock conseguiu fotografar o iceberg que tinha marcas das cores do navio apenas 5 dias após a tragédia.

Rehock era passageiro de um navio que vinha da Alemanha em direção a Nova York e acabou passando pela região do acidente. Ele e os demais passageiros puderam ver não só o iceberg, mas destroços do navio e até alguns corpos de vítimas.

A foto é mantida guardada em um cofre de um banco em Munique.

De acordo com alguns pesquisadores o iceberg que destruiu o titanic estava em formação há cerca de 3000 anos.

Titanic por água abaixo

Titanic

As águas da região onde o navio se encontrava eram muitos frias e o capitão havia sido alertado do grande números de iceberg nas proximidades do navio. Mas aparentemente o chefe da embarcação pensou que não havia motivo para se preocupar, aquele era o barco mais seguro do mundo.

Há 2500 km  do ponto de partida, as 23:30 horas da noite de 12 de abril de 1912 o barco se choca com um enorme bloco de gelo.

Um rasgo de cerca de 90 metros foi feito no navio. Dos 16 tanques do titanic, 6 começaram a se encher de  água e o navio começou a imergir.

Com a entrada da água a traseira do navio começou a se levantar e o navio acabou se partindo ao meio.

Muitos passageiros não acreditavam no que estava acontecendo por causa da fama da embarcação. Alguns deles como foi o caso de John Jacob Astor IV, acabaram demorando a procurar por um bote salva vidas e não encontrando lugar.

Mesmo com os pedidos de resgate, ninguém chegou a tempo. Às 2:20 da manhã o navio já estava completamente afundado. Mais de 1500 pessoas morreram  por hipotermia e apenas 712 foram encontradas com vida.

Os sobreviventes foram resgatados por um navio de passageiros chamado Carpathia, que passou no local horas depois do acidente.

Os 4 navios enviados pela White Star Line encontraram 328 corpos em suas buscas. A maioria dos mortos nunca foi encontrada.

Destroços do navio

titanic

Os restos do navio foram encontrados em 1985 em uma expedição organizada por Robert Ballard há cerca de 4000 km de profundidade.

As duas partes da embarcação estão a 800 metros de distância uma da outra em uma região que fica a 650 km de Terra Nova no Canadá. Tanto a proa quanto a popa do navio estão amassadas devido ao forte impacto com o fundo do oceano.

Em meio aos destroços foram encontrados restos de mobília, louças, e até sapatos das vítimas que afundaram junto com o navio.

titanic

A repercussão do naufrágio do grande titanic foi enorme, vindo a dar origens a vários filmes. Além disso, depois do acidente algumas leis marítimas internacionais foram alteradas e estão em vigor até hoje.