Homem pega infecção mortal após limpar a orelha com cotonete

Você sabia que limpar os ouvidos com hastes de algodão ou o famoso cotonete, não é nem um pouco indicado? Pois é, o uso desses objetos nas nossas orelhas é altamente prejudicial à nossa saúde. Segundo a otorrinolaringologista Andy Vicente “o cotonete deve ser evitado, uma vez que ele age contra a fisiologia natural do ouvido”.

Podemos achar nojenta e estranha a cera dos nossos ouvidos, mas ela exerce um papel importantíssimo na nossa saúde: limpar e bloquear a entrada de bactérias que podem causar infecções graves. Conforme nosso corpo vai produzindo a cera, nosso ouvido vai empurrando a mesma para fora através das orelhas. Só sai o excesso. Mas quando são usados os cotonetes, enfiamos eles profundamente, machucando o ouvido. O que acontece muitas vezes é que nós empurramos essa cera para dentro do ouvido. Cera, esta, cheia de bactérias.

Mas o que fazer, então? Deixar a cera sair e tomar conta da orelha e ficar tudo amarelo? Não! Não precisa chegar nesse ponto. Todas as vezes, depois do banho, pegue o dedo e coloque na toalha e limpe. A toalha grossa e o dedo não deixarão você ir tão fundo, prejudicando o ouvido.

Quem deveria saber disso é o inglês que quase morreu com uma infecção no crânio, por conta do cotonete. O cara ficou 5 anos com um pedaço de algodão no ouvido e quase foi dessa para melhor, só porque não sabia dos cuidados exatos com a saúde. Bom, vamos explicar como isso aconteceu e é agora.

Essa foi por pouco

Quem nos contou essa história foi o acompanhante do caso, o médico
Alexander Charlton, do University Hospital Coventry em entrevista para o BMJ Case Reports, da Inglaterra.

Um homem britânico de 31 anos, usava e abusava dos cotonetes. Dia sim e dia não ele estava lá, em frente o espelho fazendo caretas, limpando seu ouvido.

Até que certo dia ele começou a se queixar de dores de cabeça, só do lado esquerdo. Estranhamente essas dores de cabeça, depois de alguns dias, passaram a vir acompanhadas das dores de ouvido, também do lado esquerdo. Porém, começou a incomodar muito quando o homem passou a ter problema com a memória e ter crises de vomito.

Dez dias depois, o inglês resolveu ir ao hospital e lá, entrou em colapso, teve uma crise convulsiva e desmaiou. Eles fez exames e estes constataram que a infecção bacteriana e a pressão cerebral causaram a convulsão.

Exames

Realizada uma tomografia, revelando que o rapaz estava com áreas do cérebro inflamada e com pus. Para ser mais exato, duas áreas inflamadas e o pus encontrava-se já no crânio. Tudo oriundo do ouvido esquerdo.

Logo o diagnóstico: otite externa necrosante. Nome feio, né? A equipe médica descobriu a causa e a origem do problema.

O rapaz usava muito cotonete e abusava… numa dessas, um pedaço de algodão ficou preso no fundo do seu ouvido CINCO ANOS ATRÁS. Esse pedacinho minusculo de algodão causou uma baita de inflamação, que progrediu até o canal auditivo, passando pela base do crânio e chegando atingir até as meninges.

Na cirurgia, os médicos retiraram o algodão, junto do pus e mais detritos. O homem ficou internado algumas semanas, tomando antibióticos até que não corresse mais risco algum. Nem para a vida, nem para a audição. Hoje o rapaz está novo em folha e escuta muito bem, diga-se de passagem.

E mais uma coisa dita por Charlton para o rapaz: Portanto, nunca mais use cotone, eles só fazem mal à saúde”.

Mas e você, o que pensa dessa história de cotonetes e limpar a orelha?

Saiba mais sobre a utilidade da Cera de Ouvido, seus Benefícios e porque é tão importante.