Por que Caracol, Caramujo e Lesma soltam gosma?

Esses animais que soltam uma gosma por onde passam também causam medo nas pessoas. Muita gente convive com eles pois em tem seus jardins abarrotados em certa época do ano, devido a umidade. Hoje vamos mostrar como acabar com eles da forma mais correta.


Além disso, existem várias diferenças entre o caracol, caramujo e a lesma, você sabe quais são? E essa gosma que solta, deixando rastros por onde passam também tem um motivo, e é o que vamos descobrir agora.

Diferenças

Conchas

Primeiro de tudo é importante saber distinguir um do outro. Pois cada um tem uma função e sim, eles podem causar problemas à nossa saúde, tendo cada bicho um efeito no nosso corpo. Então presta bastante atenção aqui.

Dependendo, um pode aparecer no tempo seco, outro só vive na água, já outro não tem a concha nas costas… olha só.

A principal diferente entre os três é que a lesma não possui a concha externa. Pronto, você já sabe quem é a lesma!

Já o caracol e o caramujo, ambos possuem a concha. O jeito de diferenciar um do outro é simples: o caramujo é aquático, vive em praias, rios e lugares com muita água. O caracol gosta de lugares no máximo úmido, como seu quintal e jardim, mas o ideal é o seco.

Mas atenção, em alguns casos a lesma pode ter a concha externa, sim. Porém ela deverá aparecer muito menor do que de costume. Você saberá quando ver uma.

Doenças

Um assunto muito delicado são as doenças transmitidas por esse bichinhos.

Muito nojentos e podem causar um baita estrago na gente. Então fique esperto e, independente de qual for, não chegue perto. Mais adiante vamos mostrar como prevenir e os eliminar de forma adequada.

As lesmas são conhecidas por causarem danos às plantações, sua horta, por exemplo. No nosso corpo, ela pode transmitir doenças como como a angiostrongilíase abdominal, que é uma dor insuportável, comparada a da apendicite. Elas ainda causam problemas neurológicos, dores físicas, dor de cabeças e na nuca. Elas disseminam um vírus oriundo dos ratos, por isso é bom fica ligado.

Os caracóis, mais precisamente o Caramujo-gigante-africano, transmitem a doença estrongiloidíase e a meningite eosinofílica, quando infectados. Apesar do nome esse caracol é terrestre.

E os caramujos podem transmitir a esquistossomose, que da diarreia, anemia e desnutrição.

Respiração

As lesmas que não possuem a pequena concha respiram pela pele, ou seja, possuem respiração cutânea.

Os caracóis aproveitam da sua concha e armazenam um pulmão, usando-o.

Já os caramujos, como são aquáticos, usam branquias como os peixes.

Dito isso, você já está atento a esses pequenos e perigosos animais. Então já deve imaginar que não deve entrar em contato com a gosta que ele deixa por onde passa certo? Sim e não. Entenda!

Para que serve a gosma?

Por onde passam, caracóis, lesmas e caramujos deixam o rastro da meleca que seus corpo produz. Porém, esse gelatina vai muito além do que um simples rastro deixado.

Como a natureza é perfeita, ela não faria essa meleca simplesmente por fazer… tudo tem uma função.

Pesquisadores, no inicio acreditavam que essa gosma ajudava os bichinhos a se locomoverem com mais facilidade, já que não são la muito bons nisso.

Entretanto, estudo mais recentes comprovaram que mais de 70% dos moluscos usam a força do corpo para se deslocarem, sem precisar da bendita gosma. Claro, ela ainda mantém sua função e auxilia na locomoção deles, mas não é a principal função.

Foi descoberto o rastro deixado com meleca é usado como local para armazenar comida. Eles comem as algas e folhas que deixam na trilha. Como esse bichos andam no máximo 10 metros, eles voltam pelo mesmo caminho, comendo.

Outra função é para atrair parceiros. Uma fêmea ou macho pode entrar na trilha do outro e segui-lo até onde ele estiver parado.

Como já disse antes, essa meleca não é produzida por acaso, a natureza sabe o que faz e tudo tem um propósito. Essa gosma produzida pelos moluscos é fundamental para nosso ecossistema, descobriram pesquisadores.

Segundo eles, a gosma pode absorver metais pesados, como o cobre e o chumbo, dos rios de águas poluídas. Funciona como se fosse um filtro. Até que eles não são tão nojentos assim, não é mesmo?! hehe

Como prevenir e acabar

Entre diversos modos para exterminar lesmas, caracóis ou caramujos, somente alguns são realmente eficientes. Jogar sal não é um deles, pois com o derretimento do animal você estará contaminando o solo.

Siga as instruções e faça isso na sua casa:

  • Armadilhas: Coloque panos encharcados de cerveja ou leite. Coloque ao anoitecer e no dia seguinte destrua-os ou jogue água quente;
  • Cal ou cinza: Após chuvas, faça faixas de do minimo 20 centímetros. Isso dificulta o acesso dos animais;
  • Coleta: Feito por adultos, deve ser feito com luvas de borracha e sacos plásticos. Jogue os bichos em água fervente ou destrua-os.

Então agora você já sabe o suficiente para lidar com esses animais gosmentos. Quando ver um não chegue perto!