Vespa caçadora: Conheça o inseto que pode matar uma tarântula facilmente

Você já ouviu falar sobre a vespa caçadora? Este inseto bizarro é capaz de comer por inteiro uma tarântula ainda vida. Esta é uma espécie que pertence ao gênero Pepsis. Esses pequenos animais paralisam suas presas e as carregam ainda vivas até os seus ninhos, onde o fruto da caça serve para alimentar os seus filhotes.

Além desses, muitos fatos curiosos envolvendo essa espécie de insetos. Portanto, vamos juntos conhecer a misteriosa vespa caçadora.

É até difícil de acreditar que realmente existe em nosso planeta um animal como este. Não queira esbarrar com uma dessas criaturas por aí, logo logo você descobrirá porque.

Quem é a vespa caçadora

Antes de conhecer a bizarra vespa caçadora, veja só o vídeo que mostra um embate entre um animal dessa espécie e uma enorme tarântula. Se você não acreditou na história de que ela realmente é capaz de capturar um animal como este, não pode deixar de testemunhar o que ela pode fazer em apenas alguns minutos.

Assustador não é mesmo?

Enfim, a vespa caçadora é uma das maiores espécies já conhecidas do seu gênero, elas podem chegar a medir até 5 centímetros altura. Vale destacar que ainda assim elas parecem pequenas perto de um tarântula.

Geralmente possuem uma coloração bem escura que varia de preto a azulado em seu corpo e acastanhado em suas patas. Não é incomum que algumas delas apresentem fortes reflexos azulados em suas asas.

Suas cores são um aviso de advertência para predadores. Sua coloração única anuncia sua poderosíssima picada. As fêmeas da espécie possuem ferrões que podem chegar a medir cerca de 7 milímetros, possuindo uma das picadas mais dolorosas do mundo. Aguarde, em breve falaremos mais a respeito disso.

Além disso, esses insetos apresentam longas pernas que, como você pode testemunhar através do vídeo, são super úteis na luta contra suas presas.

Apenas as fêmeas realizam a caça. Os machos da espécie costumam se alimentar de flores de seringueiras amendoeiras ocidentais ou árvores de algaroba.

Conhecendo os hábitos da vespa caçadora

Um fato bastante curioso sobre esta espécie é que, diferente das demais espécies do gênero, a vespa caçadora possui hábitos noturnos, evitando sempre os climas mais quentes.

Em sua fase adulta são de maneira geral animais nectaríferos, evitando ao máximo o consumo de frutas. Geralmente esses insetos se intoxicam devido a fermentação desses alimentos, o que acaba prejudicando o voo e, consequentemente, a caça pelas fêmeas.

No período da reprodução os machos tendem a pousar sobre os montanhas e grandes árvores em busca de avistar uma fêmea para o acasalamento. As fêmeas são bastante agressivas, entretanto, não costumam picar com facilidade. Não há relato a respeito de agressividade dentro da espécie.

A fêmea é a responsável por alimentar os filhotes, para isso sai à caça das tarântulas, suas principais presas.

Ao encontrarem com a presa, logo dão início ao embate. Depois de a picarem e paralisarem, arrastam o animal capturado até seus ninhos. Feito isso, a mãe deposita um único ovo no abdome da aranha.

A partir do momento que o ovo eclode a pequena vespa caçadora começa a consumir vagarosamente o animal ainda vivo e imobilizado.

Uma característica bastante peculiar a respeito da ingestão da tarântula pelos filhotes, é que os insetos fazem o possível para prolongar a vida de suas presas. Para isso, eles costumam deixar os órgãos vitais sempre para o final, quando todo o resto do animal já tiver sido ingerido.

Distribuição

Quando ouvimos falar de um animal assim tão assustador, logo ficamos curiosos para saber onde essas criaturas podem ser encontradas.

A verdade é que esses animais possuem uma ampla distribuição ao redor do planeta. Eles podem ser encontrados na Índia, no Sudeste Asiático, na África,  na Europa, na Austrália e até nas Américas.

Uma quantidade incrível desses insetos foi encontrada vivendo no sul da Argentina. Nas Américas eles também são bastantes comuns nos desertos dos Estados Unidos.

A picada da vespa caçadora

Não queira experimentar a picada deste inseto. Acredite, não são apenas as tarântulas que podem sofrer em sua mão.

Apesar de terem um comportamento quase sempre dócil, uma vespa caçadora pode sim apresentar um grande perigo para nós.

Dizem por aí que é uma dor insuportável, uma das picadas de inseto mais dolorosas do planeta.

A sensação descrita é a de que você acabara de ser eletrocutado e de que tudo que você pode fazer é se lançar ao chão e começar a gritar.

O índice de toxidade da vespa caçadora é baixo, portanto você não precisa se preocupar em morrer envenenado. Mas caso um dia torne-se vítima, torça para sobreviver a dor.