Cão atirador? Alemão leva tiro do próprio pet e perde “licença de arma”

Ter um cachorro para proteger a casa é normal, as pessoas já adquirem certas raças para cuidarem do quintal e serem alertados quando intrusos invadirem a propriedade. Mas que tal testar o mais novo “cão de elite”?

Mas no caso específico aqui, o dog do nosso amigo alemão resolveu testar outros modos de defesa. O cão disparou com o rifle do próprio dono. O desfecho da história foi o óbvio, mas ela é bem bizarra.

Cachorro atirador

Desde 2016 um homem vem lutando na justiça para poder ter o direito de ter sua arma de volta em casa. Agora, em 2019, o tribunal do país europeu decidiu que ele não tem responsabilidade suficiente para ter o rifle sob seu teto.

Por que isso? Ora, o alemão que não teve o nome divulgado só “deixou” que o seu CACHORRO atirasse contra o seu braço. Enquanto o homem fazia seus afazeres, ele deixou a arma, carregada, e no alcance do seu dog. Um grande erro.

O animal, sem noção nenhuma (óbvio) conseguiu de alguma forma, bater pata no gatilho, disparando a arma. A bala ricocheteou nas paredes e acertou o braço do alemão.

O atirador jura que não fez por querer, atirou sem a intenção de matar. Com isso ele escapou de uma punição e até do julgamento por tentativa de homicídio.

Já o nosso querido amigo, o irresponsável alemão, não teve a mesma sorte. A corte de Munique o julgou responsável, já que o pobre animal nem sabia o que estava acontecendo, né?

Os magistrados disseram: “Podemos concluir que ele vai lidar com armas de fogo e munição de maneira descuidada também no futuro”.

O homem também era caçador, sendo que ele poderia ter mais armas de fogo em casa. Mas agora com esse veredicto, esta impossibilitado. Porém a história ainda não acabou, o caçador ainda vai poder recorrer da decisão. Mais para frente veremos como isso vai terminar.

Disso só espero que tenhamos tirado uma lição: nunca deixe uma arma perto do seu cachorro. Principalmente se ele for um pinscher.