Carne de Tubarão: Você teria coragem de provar esse prato?

Você já comeu carne de Tubarão? Sabia que 38% da população brasileira se alimenta desta espécie frequentemente? O curioso é que muitas dessas pessoas nem sabem disso.

O Brasil é o maior consumidor desta espécie no planeta. Não é a toa que das 90 espécies que vivem em nossa costa, 38 estão ameaçadas de extinção.

Você fazia ideia de que carne de Tubarão é algo tão popular nas mesas do brasileiros? Já havia ouvido falar sobre os problemas com desaparecimento desta espécie? Será que a venda é permitida?

Entenda tudo sobre o comércio e o consumo dessa espécie de peixe.

Comércio de Carne de Tubarão

Carne de Tubarão

A venda de carne de tubarão por brasileiros chega a um valor de 45 mil toneladas anuais. Desses, 22 mil ficam para o mercado interno e as outras 23 mil toneladas são exportadas, especialmente para Ásia.

No continente asiático a sopa de barbatanas desses animais é bastante apreciada. O custo  do quilo deste item comprova tal fato, um quilograma de barbatanas de camarão chega a ser vendido neste continente por 1,5 mil dólares.

Mas, e no Brasil? Qual parte desses peixes são comercializadas? Onde você pode encontrar carne de tubarão?

Aparentemente não há nada que impeça o comércio desses peixes no Brasil, até por isso somos um dos grandes responsáveis pelo sumiço da espécie.

Você pode encontrar carne de tubarão em qualquer peixaria ou mesmo em boa parte dos supermercados brasileiros. Geralmente são como postas ou filé limpo.

Como assim? Você alguma vez leu em algum anúncio sobre este tipo de carne?

É exatamente por isso que os dados mostram que muitos brasileiros comem regularmente está espécie sem sequer saber que a estão ingerindo. Muitos, se soubessem, talvez nem comessem. Logo vocês conheceram os riscos de se alimentar da carne desses animais.

A grande questão aqui no entanto, é o nome que os comerciantes usam para a venda de tubarões. Você provavelmente nunca comprou carne de tubarão, mas com certeza já comprou cação.

Mas, você sabe o que é cação?

Na verdade, estes peixes são filhotes de tubarões. É assim, através do comércio de cação, que a maior parte da carne de tubarão é comercializada.

A Carne de Tubarão

Carne de Tubarão

Agora que você já sabe que falar em carne de tubarão é o mesmo que descrever sobre o cação, nem é preciso dizer o quão saborosos são os pratos feitos a partir deles. Fale a verdade, você rejeitaria uma moquequinha de cação?

Este é um prato muito comum principalmente na Bahia e no Espírito Santo, as receitas com os filhotes de tubarão preparados com acompanhamento de camarão e pirão são quase que uma tradição nessas regiões.

A grande questão da carne de tubarão na verdade não é exatamente o sabor, e sim os riscos.

Agora você deve estar intrigado. Que tipo de perigos esses peixes podem trazer para a saúde humana?

As Neurotoxinas do Tubarão

Carne de Tubarão

Esses peixes enormes estão no topo da cadeia alimentar dos animais aquáticos. Eles são responsáveis pelo equilíbrio entre o número de espécies nos oceanos, também contribuem para que outros animais, como os urubus, possam se alimentar, e ainda são essenciais para a delimitação dos espaços aquáticos.

Você sabe o que significa dizer que ele está no topo da cadeia alimentar?

Quer dizer que um peixinho menor que se alimentam da vegetação, é capturado por um animal um pouco maior, logo esse também é consumido por uma criatura de porte superior. Depois de várias fases como estas, está o tubarão. Quer dizer que, tudo o que havia nos animais descritos chegou até o topo. Tanto os nutrientes, que serviram para garantir a sobrevivência da espécie, quanto todo tipo de substâncias ruins.

Esse processo se chama bioacumulção.

E o problema está no tipo de elementos que se acumulam. Estamos falando principalmente em metais pesados como mercúrio e arsênio. Ambos funcionam como neurotoxinas capazes de provocar degeneração no sistema nervoso humano. Essas substâncias estão concentradas principalmente nos músculos e nas barbatanas do peixe.

A quantidade dessas toxinas que podem ser consumidas diariamente pelo homem é menor do que 0,5 miligramas e, acredite, o tubarão ultrapassa esse limite.

Para piorar, a combinação do mercúrio com o arsênio torna ambas as substâncias ainda mais ameaçadoras para o organismo humano.

Comer ou não comer?

Carne de Tubarão

No Brasil existem órgãos fiscalizadores que são responsáveis por testificar a qualidade dos alimentos para consumo humano, por isso, se você não abre mão do prato, fique atento ao selos de qualidade.

Em países desenvolvidos, como na Espanha, onde a população come carne de tubarão regularmente, geralmente você também encontrará um atestado de verificação nesses alimentos.

Porém, fique atento para aqueles locais onde você não consiga ter certeza sobre a qualidade do produto, e evite-o.

A dica final é que nunca torne o consumo de carne de tubarão algo regular. Aos poucos as neurotoxinas podem ir se acumulando em seus tecidos.