Menino desesperado liga para a polícia para ajudar no dever de casa

A polícia é treinada para lidar com diversos tipos de situações, não importa a natureza. Quando uma delegacia recebe uma ligação logo esperam pelo pior; um crime violento, tráfico, sequestro e por aí vai. Esse é o dia a dia de um policial, cheio de surpresas. Contudo, nos Estados Unidos, ocorreu um caso curioso, no mínimo.

Ficar desesperado com a lição de casa é algo bastante comum entre os adolescentes e crianças (espera só entraram na faculdade). Quem nunca sentiu o frio subir pela espinha quando lembrou que esqueceu de fazer a tarefa e, então, chegar na escola mais cedo só para copiar do colega não sabe o que é medo. Para não passar por isso, um garotinho norte-americano apelou para os homens da lei. A história é bem legal, se liga.

Força tarefa

“Servir e proteger”, esse é o lema da polícia. E foi exatamente o que aconteceu com polícia de Lafayette, nos Estados Unidos, quando eles atenderam um pedido inusitado recentemente. Uma criança desesperada ligou 911 para eles o ajudassem na lição de matemática.

Realmente, matemática é coisa séria e só com ajuda, quem tem dificuldade, pode resolver as coisas. O jovem menino ligou e a policial Antonia Bundy atendeu. Segundo esta, o menino disse que havia tido um péssimo dia na escola e que teria levado “toneladas de lição para casa”. Sendo assim, vendo o desespero do garoto, a policial resolveu ajudar nas dúvidas dele.

Mas não era nada muito complicado, o garotinho tinha apenas um obstáculo pela frente, o qual seria resolvido facilmente.

Segundo a polícia de Lafayette, o a policial Bundy ajudou o garoto a resolver uma equação simples: três quartos mais um quarto, perguntou o menino.

Tendo Bundy respondido: um.

Em seguida o menino, feliz demais por ter solucionado o problema, agradeceu a policial e pediu desculpas por ter ligado para a polícia. Apesar de terem ficado muito felizes em ter ajudado um garotinho, a polícia norte-americana reforçou, dizendo que não é recomendado ligar 911 para ajudar na lição de casa.

Policial / Professor

Mas não é a primeira vez que acontece um caso semelhante. Também nos Estados Unidos, desta vez no Colorado, um garotinho de 10 anos ligou para a delegacia de Fort Collins Police Service.

Quem atendeu foi o policial Chris Clow, que de pronto ouviu a frase do garoto: “Olá, não é uma emergência”. Ele estava com problemas de matemática, tendo dificuldades na divisão de 3.052.

“Eu não sei como fazer de cabeça”, disse Clow.

O policial continua perguntando ao menino sobre a equação e o que ele estava tentando resolver. Clow perguntou ao menino se ele estava tentando dividir 3.052 por 71, tendo o garoto dito que “sim“.

O policial achou uma calculadora e logo deu a resposta: “42,98, arredondando fica 43”.

Obrigado“, respondeu o jovem.

O policial pergunta se realmente era tudo que ele queria, e o menino diz que sim. Entretanto, a polícia de Fort Collins fez uma publicação no Facebook.

“Nem todos os despachantes são tão habilidosos em matemática e/ou prontamente equipados com calculadoras como o despachante Chris. Por favor, ligue para o 911 apenas para emergências… Deve-se notar que o FCPD não é responsável por respostas incorretas ao dever de casa. Se você ou seu filho achar que precisa de ajuda da polícia para uma tarefa, entre em contato com o oficial de recursos da escola“.