15 curiosidades que você precisa saber sobre as baratas

As baratas são um dos insetos mais repugnantes que existe. Quando abrem as asas para voar então, nem se fale. Mas existem alguns “detalhes” sobre esses insetos que vão te deixar um pouco mais preocupados em relação à eles. Alguns dizem que são apenas insetos e que não fazem mal a ninguém, mas a verdade é que a barata podem ser um problema.

É comprovado que elas transmitem doenças, como cólera, febre tifoide, herpes, poliomelite e conjuntivite. Por isso vale a pena ficar atento e sempre tentar manter esses insetos longe de casa. Se liga nessas curiosidades abaixo.

1 – São mais antigas do você imagina

Elas são mais antigas que o ser humano, sabia? Mais antigas até que os dinossauros. Estão aqui desde o período jurássico, há mais de 200 milhões de anos. E vem evoluindo cada vez mais. Provavelmente no futuro, com naves espaciais e quando descobrirmos outros planetas, elas estarão lá.

2 – Não morrem tão facilmente

Um estudo em Nova York revelou que elas estão evoluindo a cada ano que passa. Se a alguns anos atrás elas não resistiam ao frio, hoje elas são capazes de passar o inverno novaiorquino tranquilas e plenas.

E ainda por cima: se você pensa que arrancar a cabeça de uma barata irá resolver os problemas com ela, está muito enganado. As baratas podem viver até uma semana sem a cabeça. Isso acontece porque a cabeça e as narinas não são responsáveis pela captação de todos os nutrientes.

3 – Comem de tudo

Fome é algo que dificilmente mata baratas. Ora, esses insetos comem de tudo: restos de comida, fezes, sabão, graxa, parede e por aí vai. É tudo mesmo. E podem sobreviver até 6 meses sem comer nada. Impressionante.

4 – Soltam pum

Aquele mal cheiro que sentimos todas as vezes que abrimos um armário velho, ou vemos uma barata por perto, sabe? Então, aquele não é o cheiro dela em si, mas o pum que ela solta. Segundo algumas pesquisas, o inseto pode liberar 35 gramas do gás metano.

5 – Sofrem de insônia

Baratas não dormem, e isso explica a festa em casa durante a noite. Quer dizer, elas “dormem” de um jeito diferente do nosso. Para começar elas dormem a cada 2 semanas e quando o fazem, não desligam totalmente. Elas deixam o sistema nervoso ativo, como se apenas uma parte do corpo descansasse.

6 – São rápidas

Uma das características mais interessantes é a velocidade desse bichinho. Pode parecer que não, mas ele se movimenta muito rápido para seu tamanho.

Elas também percebem movimentos nas correntes de ar, e podem fugir a velocidades que atingem até 80 cm/s. Se fossem do tamanho de um humano, correriam a mais de 300 km/h.

7 – Não são resistentes a radiação

Hora de esclarecer uma das histórias que envolvem as baratas. Reza a lenda que esses insetos sobreviveram ao ataque da bomba atômica em Hiroshima, na Segunda Guerra Mundial.

Mas não passa de boatos. Se ocorresse um ataque nuclear daquela dimensão, esses insetos seriam mortos, pois não possuem nenhuma proteção térmica ou contra radiação. O que salvou algumas baratas no fatídico dia, foi o fato delas morarem em lugres onde a explosão não alcançava.

8 – Vivem em família

Elas adoram uma reunião familiar, sempre com os tios, primos, pai, mãe e irmãos. Todos devem estar reunidos e aprontar na casa, juntos. Se uma barata se separar das demais, viverá pouco tempo, pois elas não suportam a vida só.

9 – Gostam de ser tocadas

Como gostam de viver em família e amontoado de insetos, as baratas também amam ser tocadas. Sim, elas sentem necessidade de estarem sendo tocadas o corpo todo, e de preferência por objetos sólidos. Isso explica o motivo de se esconderem em buracos minúsculos, além de estarem fugindo de você.

10 – São muitas espécies

Existem mais de 4.000 espécies desses insetos, mas apenas 40 podem, de fato, se tornar pragas. As baratas tropicais são enormes, podem pesar até 35 gramas.

11 – Baratinhas

Uma única barata adulta pode gerar mais de 400 larvas e dar a luz de uma só vez. O esperma fica armazenado dentro do corpo delas por 1 ano.

12 – Possuem memória curta

Foi feita uma pesquisa onde colocaram balas de baunilha e de menta perto delas. Após analisarem, as baratas preferiram a menta à baunilha. Porém, todos os dias de manhã, elas se dirigiam diretamente para as balas de baunilha, mesmo com a de menta do lado. Só depois percebiam a presença da outra bala. Outros alimentos também foram testados e comprovaram a tese das baratas sem memória.

13 – A água é tudo para elas

Não adianta você sair limpando a casa toda, deixar ela toda cheirosa e maravilhosa. Se a sua intenção for se livrar das baratas, é bom ir pensando em outros métodos. Pois elas não ligam para a casa limpa ou suja, esses insetos querem saber é da água. Eles procuram água por todos os cantos, porque se ficarem 1 semana sem, morrem.

14 – Se regeneram

Isso vale apenas para as baratas filhotes, aquelas que fica na cozinha da sua vó durante a noite. Quando pequenas, as baratinhas podem perder membros, como as patas, que se regeneram. Mas depois de adultas perdem essa habilidade.

15 – Existe lugar sem baratas?

Sim, existe. Mas não sei se você vai querer ir para lá. Os lugares são o Polo Norte e o Polo Sul, onde o frio é extremo. As baratas amam o calor e clima úmido.

Você também não tem medo de baratas, ou a coragem vai até elas começarem a voar?