10 animais que começam com D

Encontrar animais com D pode não ser tarefa muito fácil. Mas demos uma boa pesquisada, encontramos alguns e vamos colocá-los nessa lista dos 10.

Porém, se pensarmos bem, a língua portuguesa nos dá um bom número de animais que começam com a letra D. Nessa lista estão apenas 10, mas existem outros como o dourado e dragão (ambos peixes), o antílope dik-dik e até mesmo o lagarto diabo-espinhoso. Fora os nomes científicos, que muitos começam com D.

10 – Dromedário

Confundido muito com os camelos, o dromedário é da mesma família. A diferença entre eles são as corcovas nas costas. Enquanto o dromedário só possui uma, os camelos tem duas.

Ao contrario do que as lendas dizem por aí, essas corcovas não armazenam água mas sim gordura. Este animal, assim como os camelos são nativos do nordeste da África e podem ficar até meses sem beber água.

Esses bichos possuem patas largas, que impedem que elas afundem nas areias fofas dos desertos. A coloração varia do bege ao marrom mais claro e sua pelagem é própria para suportar altas temperaturas.

9 – Dançador-de-crista

Essa ave tem esse nome porque durante o período de acasalamento o macho dança para chamar a atenção da fêmea.

O macho da espécie possui o corpo preto e a cabeça vermelha, já a fêmea é verde-oliva. Eles habitam a região norte do Brasil, e outros países como Venezuela e Guiana.

Os pássaros podem chegar a medir 12,5 centímetros com penas que saem na parte de trás da cabeça, formando uma crista.

8 – Dinossauro

Esse é um dos animais com D mais perigosos da lista, quiçá o mais perigoso. Os dinossauros habitaram a terra a milhões de anos e, apesar de extintos, ainda hoje causam rumores sobre a recriação de algum exemplar.

Acredita-se que esses gigantes existiram há cerca de 233 milhões de anos e por mais de 167 milhões de anos eles foram predominantes na terra.

Pesquisadores dizem que a extinção dos dinossauros foi causada por uma chuva de meteoros. Dizem que o maior responsável foi o meteorito encontrado no México, em uma cratera de mais 180 km de diâmetro.

Após a colisão dos meteoros, foi levantada uma nuvem de poeira que pairou por toda a terra, impedindo a entrada da luz do sol, matando várias espécies.

7 – Dodô

Outro que também foi extinto, essa ave e é parente dos pombos. Esse animal é originário das Ilhas Mauricio, no Oceano Índico.

Por crescer isolado esse animal não temia os humanos, o que colaborou com sua extinção. Ele foi descoberto em 1958 e foi totalmente extinto pouco tempo depois, em menos de 100 anos.

Os dodôs não tinham asas longas, impossibilitando que voassem, pesava no máximo 20 kg e media 1 metro.

6 – Dragão-de-Komodo

É considerado o maior lagarto do mundo, podendo medir até 3 metros pesando 70 kg. Esse réptil é um predador voraz capaz de engolir animais inteiros, do tamanho de um carneiro.

Certamente você já deve ter visto alguma foto desse animal onde ele está “babando” sangue. Na verdade aquela saliva dele é usava para matar suas vítimas, já que ela é muito venenosa.

O sangue na saliva é consequência dos seus dentes longos que machucam sua língua quando ele mastiga.
O dragão possui 60 dentes de 2,5 cm cada. Sua língua pode detectar carniça a mais de 10 km de distância.

5 – Diabo-da-tasmânia

Quem assistia aquele desenho do Taz, dos Looney Tunes, vai se impressionar um pouco com a verdadeira aparência dele. O animal é originário da Tasmânia, Austrália.

Ele recebe esse nome de “diabo” devido ao seu grunido que é assustador. Esse bicho é muito bravo, possui uma poderosa mordida e é bom não encontrar um desses por aí.

O marsupial possui até 80 centímetros e pesa cerca de 10 kg. O animal come de quase tudo: plantas, animais, ovos e por aí vai.

Contudo, a população desse animais têm caído nos últimos anos graças à uma doença que se desenvolve neles. Um tumor facial que acomete de 20% a 50%.

4 – Degolado

A ave possui esse nome por causa dos machos da espécie. Ele tem as penas bejes e em baixo do bico uma mancha vermelha.

O pássaro é muito dócil porém nos perídios em que está acasalando se torna um pouco hostil.

Eles podem ser criados e alimentados com várias sementes e até insetos. Na época em que a fêmea está botando os ovos, ela pode chegar a botar 5 ovos e a incubação dura 14 dias. Os ovos podem ser chocados tanto pela mãe quanto o pai e os filhotes terão peninhas em até 30 dias.

3 – Dingo

Esse animal é uma subespécie do lobo-cinzento e apesar da sua aparência ele é muito agressivo. O dingo é um animal selvagem, australiano e está ameaçado de extinção.

Na Austrália, o animal é essencial para o ecossistema, porém têm sido tema para alguns donos de propriedades rurais ultimamente. Já que o “cachorro selvagem” ataca as fazendas durante a noite.

Não é por menos, ele é o maior predador terrestre do país. Para alguns australianos, o dingo faz parte da história do país, se tornando parte da cultura.

2 – Degu

Originários do Chile, esse é mais um dos improváveis animais com D. Ele é parente da chinchila, possuindo muitas semelhanças.

O ratinho é muito sociável, por isso existem diversos criadores espalhados por aí. No seu habitat natural, os degus vivem em comunidade, cavando túneis e formando enormes complexos.

Como são muito dóceis, é comum que pessoas o capturem para cria-lo em casa. Mas deve-se ficar atento aos cuidados como: ter uma gaiola grande, optar por pegar um casal, dar muita água e limpar uma vez por semana a gaiola.

1 – Doninha

Talvez seja o mais famoso do gênero “Mustela”, que atinge os furões, arminhos e até o vison-europeu.

A doninha detêm o titulo de menor carnívoro da nossa fauna… caçam coelhos, ratos, aves, répteis e insetos.

O bicho está presente em quase todo o mundo, especialmente em Portugal e na Austrália, que foi introduzida com a intenção de acabar com pragas como coelhos e ratos.

Para pegarem suas prezas, as doninhas entram em buracos extremamente apertados e podem fazer variados sons, como assobios e gorjeios.

Essa é nossa lista de animais com D. Faltou algum? Confira outras listas com animais aqui e aqui.