Afinal, beber cerveja engorda? Mito ou verdade

O Brasil está entre os maiores consumidores de cerveja do mundo; atualmente é o 17º no ranking que é liderado pela República Checa. Mas uma grande mistica envolvendo uma das bebidas mais populares do mundo é sobre sua caloria e a capacidade de fornecer alguns quilos extras ao consumido: cerveja engorda?

Pois bem, pesquisas feitas recentemente, revelaram alguns dados importantes sobre a bebida. Como por exemplo, uma bebida zero álcool ou light, tem menos caloria? Ou será que os alimentos que comemos juntos é que nos engordam? Todas essas perguntam possuem respostam e nós respondemos para você agora. Da só uma olhadinha.

Cerveja engorda?

Eis a grande questão, algo que há muito se pesquisa e é estudado sobre nossa querida cervejinha. Mas a resposta é simples e fácil: cerveja engorda sim, infelizmente… porém, se consumida de forma moderada seus efeitos calóricos são quase nulos.

Quem nos diz isso é o site Assobirra (Associação de cervejas e maltadores) da Itália. Eles fizeram vários testes com pessoas diferentes, para saber sobre os prós e contras da bebida. O que eles dizem é que a cerveja possui 90% de água na sua composição. Sem falar nos nutrientes: rica em potássio, magnésio, cloro, zinco além de outras vitaminas como B2 e B3.

A moderação é a chave para o sucesso no consumo da nossa querida cerveja. Outro ponto muito importante nessa pesquisa foi que, mesmo com o consumo moderado, a combinação com alimentos calóricos é o terror do fígado. Quando ingerimos a cerveja, nosso apetite se abre, sentimos vontade de comer alimentos carregados de calorias que combinem com a bebida.

Cuidado com alimentos e o exagero!

Alimentos como o famoso e delicioso torresmo, uma porção de peixe frito, batata frita e por aí vai.

O consumo exagerado da cerveja não faz bem, só pelo exagero. Mas também porque o álcool ingerido influencia diretamente no nosso metabolismo, afetando no ganho de peso. Quando bebemos a cerveja, nosso corpo usa o álcool, primeiramente como fonte de energia, e se ingerirmos algum alimento junto (calórico) o nosso corpo já não consegue mais fazer esse acompanhamento. Sendo assim a cerveja engorda porque nosso corpo não consegue “filtrar” tantas calorias ao mesmo tempo.

Funciona assim porque quando ingerimos a bebida, nosso fígado faz um baita trabalho para manter o nosso peso, metabolizando e queimando as células de gorduras. Mas quando acontece o excesso, seja de álcool ou álcool combinado com comidas calóricas, o fígado não da conta do recado. Sendo assim, o órgão dará prioridade para o álcool, deixando a gordura das comidas passar ou o excesso de álcool.

Quais tipos de cerveja devo beber?

Hoje existe um número absurdo de marcas de cerveja espalhado por aí. E todas, infelizmente, possuem calorias, por mais ínfimas que sejam. Contudo, algumas possuem um índice calórico menor e outras maior, basta observarmos o tipo de cerveja. Uma cerveja normal (pilsen) normalmente possui 150 calorias e 13 gramas de carboidratos, enquanto que na cerveja light esse número cai para 99 calorias e 5 gramas de carboidratos.

Portanto, se uma cerveja é light ou zero% álcool, essa não te engordará tão facilmente. Se você é um apreciador moderado, não se preocupe, mas se é parceiro de todas as horas tome alguns cuidados.

  • Opte por cervejas light ou sem álcool sempre que possível;
  • Um vinho como uma alternativa de baixa caloria;
  • Beber água ou outra bebida de baixa caloria entre as alcoólicas ajuda a ficar hidratado e beber menos;
  • Faça uma refeição antes de começar a beber, assim seu organismo estará preparado e você não vai sentir vontade de comer outros alimentos calóricos;
  • Beber bastante água e ingerir alimentos saudáveis antes ou durante ajudam muito no combate ao peso e até na complicada “ressaca” do dia seguinte.

Mas fala aí, como se chama a cerveja aí onde você mora? Eu conheço como “breja” ou “bera”.