Você sabe do que é feito o fermento?

No geral, em nossas massas usamos o fermento biológico. Ele auxilia no crescimento e deixa a massa fofinha e gostosa.
Usado em bolos, biscoitos, pães e outras receitas, o fermento é um dos ingredientes mais utilizados na culinária. Mas existem dois tipos, o biológico e o químico.
O biológico é aquele que fica na geladeira e é vendido em tabletes. Já o químico é em pó, vendido geralmente em latinhas.
Mas você sabe qual a função de cada um? E do que são feitos? Se eu te dissesse que um deles contém fungos, você acreditaria?

Fermento químico

O fermento químico é mais simples do que o biológico.
Feito à base de bicarbonato de sódio e algum ácido, que juntos sofrem uma reação que libera gás carbônico.

Essas duas substâncias se tornam ácidas quando entram em contato com líquidos ou são aquecidas. É nessa hora que são ativados; eles fazem bolos e biscoitos cresceram quando são batidos mas, principalmente, quando estão sob superaquecimento.

Ou seja, o fermento químico age quando a massa do bolo (por ex.) está no forno. Ele terá sua ação melhorada com a temperatua mais alta.

Fermento biológico

Aqui temos algo que poderá causar “nojinho” em algumas pessoas.
Ele é feito à base de bicarbonato de potássio, e age com fungos vivos e glicose de farinha.
Isso mesmo, o fermento biológico tem como principal elemento fungos vivos. Ele conta fungos para auxiliar no crescimento da massa.

Mas não se preocupe, esse tipo de fungo é benéfico à saúde, não é como o mofo.
Também chamado de ‘leveduras’ os fungos são como os cogumelos que comemos. Eles possuem o nome cientifico de Saccharomyces cerevisiae.

Este tipo de fermento age quando está descansando. Então aquela massa de pão da sua vó que ela deixa e diz que está crescendo, naquele momento o fermento está agindo.

Os fungos são microscópicos, não são como os cogumelos e vivem no ar e na superfície das coisas. Ao entrar em contato com a massa as leveduras consomem o açúcar e ao mesmo tempo eliminam o álcool e gás carbônico.

O gás carbônico é responsável pelas bolhas que sobem e o inchaço da massa. Já no forno, os “fungos do bem” morrem todos com o calor.

Ficou surpreso com essa fórmula que leva fungos?